SEGUIDORES

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

QUAL É A VISÃO ESPÍRITA SOBRE A PROSTITUIÇÃO?


Espiritismo, vocês e a Prostituição.
Olá pessoal!

Bem, sou nova aqui na comu e queria dizer, em primeiro lugar que estou muito contente em estar aqui participando e trocando idéia com vocês!
A questão é o seguinte...Gostaria de saber, qual a visão espírita sobre a prostituição e qual a opnião especificamente de vocês sobre isso.

Sou espírita há mais ou menos três anos, faço parte de uma mocidade, mas nunca encontrei uma explicação espírita sobre isso :S

Agradeço desde já a todos que forem responder, ou até aqueles que simplesmente leram o meu tópico, muito obrigada pela atenção!!

Abraços a todos vocês,
fiquem na PAZ,
muito amor e alegria em suas vidas,
beijos no coração,

Bárbara.

24 jan (1 dia atrás)
Edson
Bárbara.
Mesmo sem necessidade de recorrer a explicações espiritas, no âmbito mesmo psicologico e social da questão, a prostituição é algo doloroso para quem a pratica, porque é a pessoa é levada a comercializar o próprio corpo e tolerar relacionamentos sexuais quando a sexualidade em sua origem é um fator que, harmoniosamente vivenciado conduz a um estado de satisfação psicológica e até mesmo espiritual.

Mas, dai a julgar e condenar as pessoas que se entregam à prostituição vai uma distância muito grande, porque somente cada pessoa pode saber dos porquês que a levaram a tal extremo.

Jesus chegou a dizer aos fariseus (doutores da Lei que se consideravam zeladores da moral e da religião do povo israelita): "As prostitutas chegarão antes de vós no Reino dos Céus".

E é sabido que Jesus não evitava a presença de prostitutas, no que algumas tornaram-se suas seguidoras e transformaram seus processos de vida.

Nosso meio espirita, herdando parte da cultura religiosa antiga, muitas vezes mostra discursos de alguns irmãos que condenam generalizadamente quem se prostitui e quem busca contatos na área.

No passado, quando não havia a liberdade sexual da atualidade, a mesma sociedade que condenava verbalmente a prostituição recorria a ela como forma de salvaguardar fachadas. Era às prostitutas que recorria a grande maioria dos homens solteiros, evitando com isso infringir normas que vedavam por completo a sexualidade para as mulheres que pretendiam casar.

Mas, além disso, havia a prática de homens solteiros que enganavam moças de classes sociais mais baixas, e quando alcançavam o objetivo sexual as abandonavam, no que elas em maioria eram expulsas de casa pelo pai e acabavam na prostituição que era o único refúgio que as aceitavam.

E os homens casados que não tinham liberdade para certas carícias sexuais com suas esposas, porque a falsa moral condenava, e recorriam a prostitutas? E que depois faziam discursos de condenação?

Quanta hipocrisia em todos os tempos.

Mas, ainda no passado (era algo de certa frequência), alguns homens que buscavam prostitutas acabavam gostando delas e isso trazia uma renovação de vida para elas. Para ver que Deus não faz distinção de lugares e coisas e o amor pode brotar onde menos se espera. Aliás, há um dito: "Do lodo também nascem lírius".

E em todos os tempos, pensemos, como fica a situação de pessoas que são portadoras de algumas deformações fisicas que as impedem ou dificultam muito o encontro de realização afetiva pelos laços do casamento? Os seres que eventualmente estão na prostituição não serão para aquelas pessoas um refúgio para o encontro de algum afeto de nível sexual? E pessoas muito idosas que são rejeitadas também pela aparência?

Um dia, faz muitos anos, quando terminou a reunião em nossa então casa espirita, um homem cujo corpo resumia-se das coxas para cima e ainda tinha os braços aleijados, acercou-se de mim.

Estava em lágrimas e dizia ter necessidade de perguntar-me algo em particular. Fomos para um canto da sala. E ele ainda em lágrimas queria saber se era errado ele ter conhecido uma prostituta e com a qual encontrava-se regularmente uma vez por semana. Contou que havia tido uma vida muito difícil no campo afetivo sexual, porque nunca havia notado alguém que se interessasse por ele, e ele jamais havia tido coragem de declarar-se a ninguém, mesmo porque nunca havia ocorrido um clima de simpatia que facilitasse.

E ele apontava para seu corpo e dizia: "Sei que é uma prova e que dificilmente alguém gostaria mesmo de mim". Mas isso não anula meu desejo de estar com alguém. Diversas vezes tentei algum tipo de satisfação com prostitutas, mas mesmo ai vi rejeição à minha pessoa. Até que encontrei uma que me trata muito bem, com muito carinho, e quem nem cobra mais, porque disse que sente algo de especial por mim. Ela diz que não é exatamente amor como para casar, mas que é um sentimento diferente e bom, e que também não é pena.

Finalmente, aquele homem desabafava mais e dizia que mesmo com todos aqueles detalhes, ele ficava em dúvida se era certo o relacionamento, porque não havia perspectivas de casamento, nem dela sair da prostituição. Ao mesmo tempo, afirmava que lhe era muito dificil romper a relação, porque era nele que pela primeira vez na vida havia experimentado o que era ser acariciado por alguém, exceto as carícias de mãe.

Ao final, não eram apenas lágrimas. Era um pranto quase convulsivo.

E alguém imagina que eu pudesse dizer para aquele homem que ele devia romper o relacionamento?

O que fiz foi lembrar a ele que aos olhos de Deus o que prevalece não são as máscaras humanas e sim a busca de bons sentimentos. Até que se despediu com um grande sorriso na face.

Então, tudo é muito relativo.

Penso e sinto que consciente ou inconscientemente sofrem muito as pessoas que se entregam à prostituição. Mas percebo que a Misericórdia de Deus é tamanha que mesmo nas situações mais complexas pode mostrar-se em qualquer parte e em quaisquer condições, uma das razões pelas quais disse-nos Jesus: "Não julgueis, porque com o mesmo rigor com que julgardes sereis julgados".

Paz e Luz,
Edson Nunes

FONTE: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=77071&tid=5430107962593992001&start=1

34 comentários:

Nestor disse...

Excelente!!!

Sou espírita e me dedico ao estudo desta ciência maravilhosa já a algum tempo, porém nos últimos anos tive diversas parceiras, sendo algumas delas profissionais do sexo. Me apaixonei por uma e estou vivendo uma situação complicada, pois estamos namorando, ela tem duas filhas e atualmente não trabalha mais com isso. Percebi analizando os pontos a favor e contra, que além de estar tendo a chance de me relacionar com alguém que possui uma experiência de vida tão singular em meio a sociedade, estou dando também um grande passo, porque tenho que tentar equilibrar o ciumes e aprender a amanhar sem apego.

O comentário do nosso amigo acima, me influenciou de forma positiva.

Anônimo disse...

quinta-feira, 21 de abril de 2011
“SEXO PODRE E PEDOFILIA”
http://orebate-jorgehessen.blogspot.com/2011/04/sexo-podre-e-pedofilia.html

richard disse...

Barbara,
coincidentemente conheci nesta sexta-feira uma mulher muito especial para mim, pela qual, posso dizer com certeza, estou apaixonado, apesar de serem apenas 4 dias.
Eu sou espirita desde os meus 8 anos e hoje estou com 26, quase 27.
Sempre aprendi que tudo na vida tem um porque, ou seja, mesmo que não saibamos compreender algumas situações, elas tem um motivo de ser. A razão de eu estar aqui postando é que busquei na net alguma esplicação de doutrinas espiritas para esta profissão tão antiga, e tão especial. Coincidentemente, a mulher que me apaixonei tem seu nome (Barbara), e sei que é muito especial! Como ela disse a mim, Deus escreve certo por linhas tortas, e neste sentido amplo, acho que está a visão espirita mais adequada a sua pergunta! Os motivos de cada pessoa, estão em adquirir aquilo que é para o criador, o mais puro e alto grau da alma, e por isso, os meios terrenos são diversos, mas como meros viajantes aqui neste mundo, temos de respeitar a tudo e a todos, cada qual no seu "eu", e não no "eu" da sociedade!
Tenho a minha forma de pensar, como cada um tem a sua, mas na visão espiritual que tenho, passarei a esta mulher o melhor de vivencias que tive e tenho, assim como ela a mim, e tenho uma convicção: Quero a ela e para mim o bem, mas dentro do que for da vontade de Deus, como ela disse a mim!
Att
Tiago

Anônimo disse...

Muito obrigado pelo post!

Anônimo disse...

Vocês me tiraram um peso enorme da conciencia, sou prostituta e adoro meu trabalho e creio na doutrina espírita e as vezes me sentia com medo te estar comentento um delito muito grande, más eu gosto muito do meu trabalho, sou feliz no que faço eu conheço várias pessoas e troco muitas experiências de vida, percebo que os a clientes trem um carrinho por mim e eu também tenho por eles, nunca me sentir culpada ou consciência pesada, mas me preocupava a questão espiritual.muito obrigada

Anônimo disse...

Irmã Prostituta, vc deve se preocupar sim com as consequências da sua profissão na sua vida espiritual, pois não é porque o Espiritismo ensina a não julgar que ele aceita esta conduta como correta porque não é. O sexo é um presente de Deus que não deve ser vendido, a doutrina espírita ensina que ele deve ser feito com amor (sentimento) e responsabilidade. Se, por algum motivo expiatório, o ser não consegue ter vida sexual, melhor será para ele viver na castidade do que comprar o sexo. Quem vende o corpo vai pagar o preço por isso no umbral, isso é certo. Portanto, o melhor pra vc seria largar a vida de prostituta e arrumar um trabalho que não lhe traga consequências tão funestas. Muitas pessoas acham que no Espiritismo tudo pode e isso é um grande erro, pois como ensinou o Apóstolo Paulo: todas as coisas me são lícitas mas nem todas me convém.

Rocio disse...

Eu acho que o comentário é bastante preciso, eu espero que em algum momento pode ter a chance de lê-lo também, mas agora vou descansar a visão, porque eu estou usando lentes bausch e lomb

psico pat disse...

Entao uma vez prostituta esta destinada ao umbral? E se a pessoa mudar sua maneira de lidar com o sexo, ter uma familia e mudar de conduta?

Anônimo disse...

Olha sou Garota de Programa, na verdade nem sei porque entrei nessa de fazer programas pior é que tento, mas não consigo sair... Sempre penso: "agora vou comprar isso ou aquilo e paro". Mas me deixa muito pra baixo.
Mas voltando ao assunto, me tira um pouco o peso na minha consciência mas, não queira mais isso!!! Na verdade nós ou quero dizer a maioria das garotas de programas usam filhos e pobreza como desculpa para ganhar um dinheiro rápido, mas que não é fácil! O pior que quando nos damos conta que é muito ruim essa vida de ilusão; não conseguimos sair... Peço a meu Deus agora que me dê forças para conseguir sair dessa logo.

Anônimo disse...

Sem querer julgar as profissionais do sexo que escreveram aí, mas se os bens materiais é que falam alto na hora de largar a profissão, tá faltando espiritualidade e sobrando materialismo que é o oposto do espiritismo. Agora dizer que é espírita e que ama ser prostituta são coisas excludentes, quando estiver verdadeiramente mergulhada na doutrina espírita, verá que isso não é possível.

Gi Santiago disse...

Ótimo! Tudo é muuuuito relativo. É verdade! Obrigada pelo texto imparcial e esclarecedor.

Gi Santiago disse...

Porem a prostituição não é o unico pecado. Ou você acha que todos que crêem no espiritismo sao perfeitos. .....

Nada Fácil disse...

Caramba, li quase todos os comentários, e é claro , a matéria toda.
Sou garota de programa, e como a outra menina que também é, venho reforçar as palavras dela.
Ser garota ou prostituta não é nada fácil! Se eu ganhasse metade da metade que ganho, sairia desta, a cada dia que passa me sinto mais lixo e mais inútil para a sociedade, até suicídio já andei sondando, mas enfim, procurei por várias religiões e senti que o melhor caminho não é o suicídio, tem a família também que seria um choque, e também tem o sentimento da derrota. Poxa, penso: sou bonita, inteligente, articulada, se posso vender meu corpo (que é o mais difícil), posso vender qualquer outra coisa!
Bem, as coisas são assim, a vida é infeliz para quem está dentro dela e é utopia esta história de "amar se prostituir". Enfim, este é um assunto extenso e de grande debate, penso muito em fazer algo para apoiar estas mulheres e não incentivar este nicho, pois a longo prazo traz danos aterrorizantes às nossas vidas.
Tenho 32 anos, sou bonita de corpo e rosto, estou no auge, tentei 5 faculdades diferentes e hoje desejo ardentemente largar isso tudo para ter uma "vida melhor". Claro que olhando por cima é fácil julgar, mas ninguém sabe a trajetória e os porquês por cada uma ter entrado nesta.
Gostaria de falar mais e estou aberta para isto.

Com carinho.
http://adificilviddafacil.blogspot.com.br/?m=1

Anônimo disse...

Na verdade penso q tudo tem um pouco ou bastante pecado. Não vejo pecafo a prostituiçäo, eu acho errado sair transando com todo mundo e com qualquer...mais claro. ..pelo simples fato de cobrar. ..as pessoas ve muito mais pecaminoso...este mundo esta tão banalizado q chego a pensar q nada mais é pecado...e chego a pensar q se prostituir e o menor dos pecados...abraços a todos!!!

Thaís disse...

Li todos os comentários. Sou espírita e na minha visão não condeno ato sexual nenhum, acho somente que não deveríamos vender o que foi nos dado de graça. Sem julgar as profissionais do sexo, creio que entendo como se sentem pois a dificuldade está em sair dessa vida, quando se acostuma em ganhar um valor X não é tão fácil pra muita gente desapegar das coisas meteriais. Todos temos nossas dificuldades mais variadas, em diferentes aspectos e cada um sabe o porquê de estar entrando nessa vida e não é por isso que estão destinadas ao umbral pois será avaliada a intenção e não o ato em si. Lembrando que futuramente a consciência dessas irmãs podem pesar pois sabemos que é nossa consciência quem nos julga e não Deus. E dá tempo sim de sair dessa vida, que Deus abençõe vocês e coloquem alguma pessoa que as valorizem e que as ajudem a continuar a vida. Vida que proporciona muitas oportunidades, todos somos inteligentes e capazes, todos temos algum talento, mesmo incubado. Vocês são capazes! E por que não transar por gosto? Conhecer rapazes legais, e por afinidade se envolver com eles mas sem precisar cobrar pois não precisaremos pois teremos o nosso, trabalhando, estudando, é nessas pequenas batalhas que venceremos. Enquanto a quem procura também infelizmente acaba incentivando, mas por varias razões procuram, não vamos condena-los, cada caso é um caso. A sociedade ainda é hipócrita com a sexualidade, há mulheres que não fazem denominado ato na cama não, as vezes por puro tabu, tradicionalismo, e tem homens que também tem um tabu enorme, que não fazem certos atos na cama por acharem que é pecado, eu mesmo já passei por isso. Podemos ser mente aberta, podemos ser contra tabus mas sem precisar nos vendermos (tanto mulheres quanto homens) e vamos procurar pessoas com mentes abertas como a nossa (eu estou à procura rsrsrs) para assim termos relações gostosas e agradáveis. E quem por algum motivo não consegue ter relações sexuais pode encontrar alguém que goste de você também, um exemplo, história interessando no primeiro comentário, a moça que ele encontrou o ama, se não amasse sentiria repulso, as vezes ela pode ter medo e encontrar dificuldades para sair da prostituição mas ela o ama! É difícil se manter "casto", é lutar contra o corpo ao qual ainda não somos totalmente evoluídos para tais situações. Logo, a melhor coisa que devemos é fazer preces e pedir ajuda aos seareiros do bem que com a permissão de Deus nos auxiliará.

Thaís A. Vaz

Anônimo disse...

meu coração dói muito em ter q voltar,conheço a doutrina espírita a 10 anos,sei q é pecado,sei q vou para o umbral,+ não consigo parar nunca trab. com outra coisa só sei me vender!
Nunca consegui nada com a prostituição,sei q isso é pq conheço
a doutrina e continuo,minhas amigas adquirem fortunas e eu nada.talvez pq ¨BEM AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRTO¨,elas não conhecem a palavra e eu sim! No momento estou casada tenho um bebê e nunca fui tão feliz!Mais preciso voltar,já sei q vão co
maçar as brigas no relacionamento
tudo fruto q plantarei!Mais DEUS vai ma ajudar q conseguirei um emprego e sairei desse submundo!Como irei chegar em casa
abraçar minha filha,beijar meu marido, depois de um dia d trab.

Meu recanto disse...

Por diversas vezes eu me prostitui, no inicio foi legal, foi apenas por sexo, eu fazia com quem ne agradava, nunca foi com qualquer um, até que me envolvi com um cliente muitooo legal, fiquei varios anos fora disso... Ano passado acabei conhecendo um cara, casando e ele me roubou muito msis do que dinheiro, me senti derrotada e nao quis que ninguém me visse assim, na pior, eu estava sozinha, estava gravida e me recusei a pedir ajuda, eu quis pagar por todos os meus prcados, eu quis me punir e ninguém me convencia do contrario, para sobreviver eu tive que me vender, nai foi facil era bem diferente quando fui pra boate de luxo era outra vida, outros caras, era diversao, mas estar na rua a noite sozinha, tem que ter muita coragem, muita mesmo, ninguém tem o direito de me julgar, eu cometi meus erros e esse nao foi um deles eu precisei fazer isso e sei que Deus cuidou de mim todo o tempo e sei que ele mr deu força pra continuar, conheci pessoas muito boas que nao quiseram apenas me usar, eu cresci muito e agora sou uma nova pessoa e no momento estou bem com meus dois filhos e embreve pretendo voltar para a noite segura de uma casa noturna, é o meu corpo e to cansada de ser usada e me apegar por quem nao me ama de verdade e eu gosto de sexo e nao sou obrigada a me deitar com qualquer um, nem na minha maior necessidade, eu me aceito e Deus me aceita assim, qnd abri a biblia e perguntei sobre me caiu essa frase citada no texto. Cristo me perdou e me perdoava todo dia, pq essa foi a minha pergunta. E ninguém tem nada com isso. Cada qual vai pagar por seus pecados e eu paguei muitos deles e amadureci, eu sobrevivi e tenho orgulho dd mim.

Dinho disse...

Acho muito radical dizer que as prostitutas vão para o umbral e ponto.Só Deus sabe o que vai no coração de cada um. É mais honesto ser uma prostituta do que se casar sem amor, por motivos financeiros e viver traindo o marido.E sem dúvida é mais honesto ser prostituta do que ser um daqueles senhores engravatados e respeitados lá de Brasília que desviam dinheiro público. Só queria lembrar o outro lado,as pessoas que pagam por esse tipo de serviço por conta da solidão,ou por que se sentem inseguros quanto ao seu desempenho sexual,ou por que são homossexuais e não podem se assumir com medo da repressão da sociedade. Essa não é uma questão tão simples.Agora uma dúvida que eu tenho é sobre os chamados prostíbulos,os locais aonde se procura por este serviço. Será que eles estão impregnados de espíritos obsessores? Pessoas que eram viciadas em sexo nesse plano e ao desencarnar não conseguiram se desligar desse vício?

Anônimo disse...

Impressionante como são as pessoas. Só porque tem um conhecimento espirita acham que pode julgar os outros e afirmar quem vai para o Umbral ou não.
Criticam os evangelicos mas fazem igual.
Cada um sabe muito bem o que faz certo ou não.
O que posso dizer é consultem a consciência. Mudem o que esta errado, tomem o leme das suas vidas. É dificil eu sei, mas se ainda está em carne, da tempo de melhorar muita coisa.
Não deixe a vida levar.

Anônimo disse...

Sou GP e pude ver os comentários. ..
Cada GP tem uma história de vida diferente e posso afirmar não é só por dinheiro que entram nessa..É decepção tb e muitas outras coisas.
Fui casada sofri uma decepção muito grande e estou nessa pra não me apaixonar novamente e para ter sexos regulamente...
Meus clientes me tratam muito melhor que muitos homens que namorei e digo que conhecemos os homens de uma forma que mulheres que não se prostituem não conhecem..Não me sinto culpada pelo que faço.
Vi alguém comentando que não é certo vender algo que nos foi dado de graça, então me fale sobre as outras profissões? Nossa cabeça é nos dada de graça e usamos elas cobrando muitas vezes para várias profissões.
Não somos procuradas apenas para o sexo...Somos procuradas para conversar..dar atenção...ouvir...enfim muitas coisas que os homens são incapazes de dizer a suas companheiras ou amigas.
Acho que temos a alma mais evoluída sim..conhecemos muito sobre os homens e esse universo do sexo.

:)
Beijos de luz.
Karon Acompanhante Magrinha

Natheus Aragão disse...

Bom, cada um tem sua historia.
Não sei se após esse tempo todo alguém ainda irá ler o artigo acima ou mesmo um dois comentários, mas vamos lá!
Minha gente, não caiam nessa ilusão que eu cai também. O umbral, não é o inferno da teologia cristã da idade média. O umbral é antes de tudo um estado de nossa consciencia. A gente não tem q agir de um determinado modo pra depois de desencarnar ir pra uma colonia espiritual com vários bonus-hora, como descreve andré luis, ou se chafurdar no vale dos suicidas de que vala camilo castelo branco em memorias de um suicida.

Façamos nossas açoes por perceber racionalmente e emocionalmente que é o melhor pros outros e pra nós também. O que preenche a vida é o afeto. Afeto por quem está perto da gente. Essa lição eu mal aprendi ainda. O nosso objetivo é se melhorar e há um longo caminho pela frente.

Anônimo disse...

Eu sou amigada e por motivos financeiros tenho um relacionameto fora q me ajuda e nao sei como me desfazer disso pois me sinto bem com meu companheiro mas as vezes melhor com meu amigo intimamente e nao sei oq fazer?me ajudem.

Anônimo disse...

Faça o que nao traga prejuizos ao outro. Sei que voce busca a felicidade, porem esquecemos que o outro tambem precisa ser feliz, e que a mentira é a quebra de confianca, e pode trazer muitas magoas para o outro, ate mesmo perdermos a amizade desta pessoa. Busquemos a felicidade, mas sem enganar ao outro e a si mesma. Frlicidades!!!

Robson Gonçalves disse...

Eu sou apaixonado pela doutrina do amor e da solidariedade catalogada por kardec, li todos os comentários e como nos ensina a doutrina espírita, não podemos julgar nossos irmãos, mas podemos ajudá-los com exemplos e bons conselhos a seguir uma vida reta como seguidores de Cristo que somos. Primeiramente quero lembrá-los que Deus não premia e nem castiga ninguém. a nossa própria condição vibracional é que nos coloca nos lugares onde é de direito de cada ser, então não podemos rotular o ambiente ao qual habitará os irmãos e irmãs que enveredam pelo caminho da prostituição. todos nós temos nossas mazelas para nos desvencilharmos, cada um tem suas más paixões pra se preocupar em dissipar, seja ela no campo do prazer, da ambição, da avareza, do orgulho ou qualquer outra imperfeição que nos distancia do aprimoramento moral e que todos nós ainda temos, ou então não estaríamos aqui num mundo de provas e expiações.

Anônimo disse...

A resposta está aqui

O Espiritisno não aceita a prostituição !
E mais os frutos dela $ carregam com si o pecado ...
http://www.janelasdavida.com/2014/08/sexualidade-e-prostituicao-mensagem-da.html?m=1

Anônimo disse...

Procurei por este esclarecimento e me deparo com o nome da moça que perguntou, e incrivelmente é igual ao meu... chorei com a resposta, pois é o que sempre pensei ...
Fui garota de programa por 2 anos, e em meus atendimentos procurava além do sexo ser agradavel e amigável com todos, e encontrei muitas pessoas que só queriam um abraço ou quatro paredes para chorar ... Vim buscar esta resposta pois estou precisando retornar por um tempo para a vida de gp , mas já conheço a palavra e sou médium em um templo de umbanda... estou me sentindo muito culpada mas tenho certeza que o trabalho das gp sao um tipo de "caridade"/ solidariedade aos que não tem carinho em seus lares (digo homens não casados que não sao seguros sexualmente e nunca transou com ninguem a nao ser gp). Que Deus proteja a todas as meninas e a mim e nos perdoe por nossos "desesperos".

Jose disse...

A verdade liberta_nos do mal. Não há no mundo libertador igual. O mestre dizia vá e não peque mais, portanto, se a sua conduta lhe traz sofrimentos, lhe tira a dignidade, lhe tira a honra, te faz infeliz, e sinal que evoluiste, então e hora de mudar e buscar a felicidade em coisas mais puras e santas, e certamente seguirás pelo caminho estreito, difícil, porém glorioso, porque conduz ao reino de Deus.

Anônimo disse...

Nada é proibido porém sem amor nada vale a pena.
Para Deus em relação ao dinheiro o importante é a forma que se ganha e a forma que se gasta.
Em todos os desígnios da vida somos julgados, pois nossos próprios atos nos mostram nosso grau de evolução, e são muitos. Não é uma questão de certo e errado e nem julgamento isso é pura lógica.

O amor é o conjunto de todas as virtudes, sendo assim quanto mais virtudes tiverdes mais amor tera para compartilhar,quero dizer que uma pessoa má também ama mas não amará como uma boa, e para o espiritismo a maior virtude é a caridade em sua maior forma de entendimento. Caridade para com sigo e o próximo.
Aristóteles disse que o hábito aperfeiçoa a virtude, todos nós podemos nos aperfeiçoar.
Busquemos o aperfeiçoamento
Ah pessoas que não se prostituem, que não traem, que não matam. Viemos para esse plano na categoria de espíritos decaidos, imperfeitos e é complexo, vários graus de imperfeição, oque falta em um sobra em outro. Porém podemos nos lapidar para isso existe o exemplo, o modelo a se buscar,nosso irmão maior Jesus e muitos outros mestres, que conseguiram viver em plenitude a virtude.
Quando falamos de moral sempre a brigas,disputas, como se moral fosse julgamento e ser bom fosse errado algo que ninguem quer buscar, não seria muito mais fácil se todos conseguissemos nos ver como realmente somos? e pudessemos perceber o nível espiritual que nos comprazemos ?aceitar reconhecer è o primeiro passo para mudança, Por que se uma pessoa faz uma coisa errada que vai contra lei de Deus e você fala, ela vai falar e você, por que todos temos areas para se lapidar. Sábio seria se todas as pessoas buscassem se lapidar sempre,
Eu tenho meus defeitos busco reforma íntima, não quero justificativa para eles e nem competir pra ver quem erra mais ou menos, só que reconheçamos cada qual o próprio erro, sobre o pretexto da verdade universal,
No caso da prostituição essa profissão tão antiga, sabemos que é um erro, uma maldade dez de o início. tanto para quem se vende quanto para quem compra assim como é um erro a traição, como é as mas intenções, como é a falta de amor ao próximo, o materialismo além dos limites biofísicos da terra.
Eu estou sofrendo pois descobri que minha namorada é uma espécie de prostituta fazendo massagens, tentei mostrar para ela conversar fomos no centro espírita, fazer evangelho no lar mas ela não via como errado as coisas que fazia e ela começou a procurar defeitos em mim eu fraquejei fiquei doente sofrendo influências de espíritos fiquei depressivo e não consegui aceitar e ela não quis deixar de fazer o que está fazendo então mesmo amando ela eu estava sofrendo, um pouco de ego tbm, mas muito mais um amor familiar de ver o espírito dela naquela situação e não conseguir ajudar e aceitar sem criticar, e falar o que penso sobre a afetava e ela falava se eu dizia amar como podia dizer certas coisas pra ela, mas eu falava que ela não precisava daquilo que aquilo era um erro e ela jogava isso contra mim como se não gostasse dela fiz o que eu pude até onde meu corpo deixou foi muita dor o stress a energia gerada em minhas dúvidas me geraram dor fadiga e depressão ela começou procurar defeitos em mim até antigos de coisas que não me alegravam e já nem me lembrava busquei virtudes em mim para entender o amor e ser melhor mas isso parecia ser pior para ela, ela queria que eu fosse fazer coisas de swing e etc e isso me via ver ela em um buraco e em estado que eu não queria estar, não suportei a situação é mesmo de certa forma ela dizendo que me amava mas começou a me xingar de viado sendo que não sou e tentei explicar pra ela o das coisas mas não consegui pior sensação que já tive, já passei por muitas coisas pensava ser forte mas é difícil, essa me abalou me deixou em buraco quis ir ao inferno para buscar meu amor mas descobri que ninguém muda ninguém é quando ela veio falar que não ia parar de fazer o que fazia deixei ela partir, não por falta de amor mas por não ter mais forças para lutar.

Gatinha 24 disse...

Mas quantos comentários hipócritas, a prostituição em si não é dolorosa, mas sim como so mos vistas e julgadas pela sociedade machista que vivemos. Uma vez um cliente dise que eu era muito bonota e inteligente e perguntou porque estava nesta vida, simplesmente respondi que estava ganhando meu dinheiro de forma honesta, sem mentir nem enganar ninguém. E que eu é que não queria estar na pele dele, se embebedando e se iludindo dentro de uma zona, traindo e mentindo para a esposa. Na China existe bancos de sêmen onde mulheres estimulam os homens com a masturbação. Existem templos budistas onde homens e mulheres estimulam os órgãos sexuais de pessoas que procuram sentir prazer. E muitas outras profissões que envolve sexo. Toques íntimos, nudez e prazer sexual. A prostituição é mal vista por puro preconceito e uma moral infame. A mulher que usa drogas, vive bebendo, se entrega a qualquer um entre outros absurdos, vai fazer isso dentro ou fora da zona. E quem ganha a vida mais honestamente? Uma prostituta que sai de casa para trabalhar, atende quem a procura, recebe seu dinheiro e volta pra casa para seus filhos e compra pra eles o que precisam, não lhes deixa nada faltar. Ou um homem politico que sai de casa pra trabalhar, conspira contra o povo, desvia dinheiro da merenda das crianças, vai para uma casa de prostituição trair a esposa fazendo sexo com outra e depois volta para casa tratando mau a esposa e os filhos. Ou um homem que trabalha como pedreiro em uma construção, é solteiro vai pra zona se divertir mas é irresponsável e gasta todo o dinheiro que deveria dar de pensão para os filhos. Ou uma atriz que faz cenas de novela sem roupas com Beijos e toques íntimos e depois volta para sua casa com seu marido e seus filhos . Não sejamos hipócritas. O que importa não é o que se faz, mas como se faz. Se um médico faz um aborto para salvar a vida da mãe é uma coisa. Se ele faz um aborto por puro capricho e vaidade da mãe já é outra bem diferente. Em uma zona quem peca mais? Quem está trabalhando ou quem está traído, mentindo sendo irresponsável e se drogado? Quem está trabalhando são as mulheres, quem faz as outras coisas geralmente são os homens. Tire o machismo de tudo e a visão será diferente.

Gatinha 24 disse...

Mas quantos comentários hipócritas, a prostituição em si não é dolorosa, mas sim como so mos vistas e julgadas pela sociedade machista que vivemos. Uma vez um cliente dise que eu era muito bonota e inteligente e perguntou porque estava nesta vida, simplesmente respondi que estava ganhando meu dinheiro de forma honesta, sem mentir nem enganar ninguém. E que eu é que não queria estar na pele dele, se embebedando e se iludindo dentro de uma zona, traindo e mentindo para a esposa. Na China existe bancos de sêmen onde mulheres estimulam os homens com a masturbação. Existem templos budistas onde homens e mulheres estimulam os órgãos sexuais de pessoas que procuram sentir prazer. E muitas outras profissões que envolve sexo. Toques íntimos, nudez e prazer sexual. A prostituição é mal vista por puro preconceito e uma moral infame. A mulher que usa drogas, vive bebendo, se entrega a qualquer um entre outros absurdos, vai fazer isso dentro ou fora da zona. E quem ganha a vida mais honestamente? Uma prostituta que sai de casa para trabalhar, atende quem a procura, recebe seu dinheiro e volta pra casa para seus filhos e compra pra eles o que precisam, não lhes deixa nada faltar. Ou um homem politico que sai de casa pra trabalhar, conspira contra o povo, desvia dinheiro da merenda das crianças, vai para uma casa de prostituição trair a esposa fazendo sexo com outra e depois volta para casa tratando mau a esposa e os filhos. Ou um homem que trabalha como pedreiro em uma construção, é solteiro vai pra zona se divertir mas é irresponsável e gasta todo o dinheiro que deveria dar de pensão para os filhos. Ou uma atriz que faz cenas de novela sem roupas com Beijos e toques íntimos e depois volta para sua casa com seu marido e seus filhos . Não sejamos hipócritas. O que importa não é o que se faz, mas como se faz. Se um médico faz um aborto para salvar a vida da mãe é uma coisa. Se ele faz um aborto por puro capricho e vaidade da mãe já é outra bem diferente. Em uma zona quem peca mais? Quem está trabalhando ou quem está traído, mentindo sendo irresponsável e se drogado? Quem está trabalhando são as mulheres, quem faz as outras coisas geralmente são os homens. Tire o machismo de tudo e a visão será diferente.

Apaixonado disse...

O que eu devo dizer. Sou casado mas depois de vários problemas fui a uma casa de prostituição e conheci algumas garotas, pensei em parar, mas ai eu encontrei ela ! O meu amor ! A minha paixão ! Sai com ela varias vezes fora do serviço , cada vez mais eu queria estar com ela, junto a ela, só que o triste para mim é que ela não correspondia ao meu amor, eu queria conhecê-la melhor, sair e ir a um bar, a um cinema, passear com ela. Infelizmente ela não quis. Eu ainda gosto muito dela e quero no fundo da minha alma que ela seja feliz, que saia dessa vida, mesmo não estando ao meu lado porque o verdadeiro amor não é egoista, ela não é propriedade de ninguem e eu não posso comprar o seu amor !Falaram para mim que ela foi minha esposa em uma vida passada, mas eu a fiz sofrer e agora estou pagando pelos meus erros ! Não sei se é verdade, pois se ela me amou tanto como me disseram, não ficou nem um pouco da lembrança desse amor ?

André disse...

Cara na boa se você tá pagando por um serviço e ela tá ganhando ou seja ninguém está enganando ninguém qual o problema disso? Só penso que é algo vazio te satisfaz ali na hora e vicia porem depois vem o vazio pq o ser humano não foi feito para ser usado, mas o fato da mulher se prostituir não tem nada haver com rejeição de Deus para com ela, po mais sujo é quem deseja mal aos outros e é hipócrita e mentiroso. A garota de programa é mais sincera do que muita mulher que tem por aí mas é aquilo é algo pago e torna-se algo longe do que merecemos como seres humanos. Sou homem já fui em prostibulos mas sempre senti um vazio enorme depois, a sensação é boa na hora sim mad passa e ninguém vai pro umbral por isso pq Deus vê o coração das pessoas e não o julgamento hipócrita do ser humano.

André disse...

Você atende no Rj? Deixa contato.

Anônimo disse...

Ao amigo que se apaixonou por uma, agradeço o comentário realmente uma situação muito difícil, também me apaixoneie ando sem rumo,é uma pessoa boa . Me dói muito isso, ao contrário de vc,não ficamos Porque não conseguimos, nem programa nem nada ,rolou um carrinho mútuo , alguns beijos mas ela não quis sair por programa, nem consegui . Marcamos mas não deu certo desistimos, no dia que tive a oportunidade de sair , eu também não consegui, ou seja saímos juntos mais alguns amigos dela, vi toda situação . Encontrou alguns clientes mas só se importava comigo,não deu bola pra ninguém . Até evitava mas no final da noite meu peito estava cheio de dor e talvez algum sentimento de ciúmes e de achar que se ficasse com ela poderia ser espantosa aquela dor . Não consegui. Deixei que fosse embora. Ela ficou arrasada. Mas foi com seus amigos. Acho que ficou com raiva depois é me deixou claro que não pararia por nada de fazer programa pois tinha aquilo como seu sustento é não abriria mão, também não tinha condições de bancar pois ganha até mais que eu. A situação continua, acho que vamos ficar bons amigos, mas ainda estou apaixonado. Que situação horrrivel! fiquei muito mal é com uma dor enorme no peito antes e depois de tudo isso. Também não estou morando aqui isso piora a situação . Em fim acho que cada caso é um caso, mas é claro que a prostituicao produz alguns frutos amargos na vida, colhemos o que plantamos. Peço a Deus que olhe por todas vcs aqui que postaram é são garotas de programa! Deus sabe tudo sobre vcs é ele não nos esquece, mesmo que esqueçamos dele.